Solidão

Uma amiga que acabara de divorciar-se, disse: “agora tenho toda a liberdade com que sempre sonhei”. É mentira! Ninguém quer este tipo de liberdade, todos nós queremos um compromisso, uma pessoa para estar ao nosso lado vendo as belezas que aqui existem, discutindo sobre livros, entrevistas, filmes, ou dividindo um sanduíche, quando o dinheiro não dá para comprar dois. Melhor comer metade de um que comê-lo inteiro. Melhor ser interrompido pelo homem que deseja voltar logo para casa porque existe um importante jogo de futebol na TV, ou pela mulher que ver uma vitrine e interrompe no meio, o comentário sobre a torre da catedral. Melhor ficar com fome do que ficar sozinho. Porque quando você está sozinho – e eu falo da solidão que não escolhemos, mas que somos obrigados a aceitar – é como se não fizesse mais parte da raça humana.

Restirado do blog de Paulo Coelho
Img: “Black and White”, Man Ray

Anúncios

Sobre Daniel Leite

"Viver abre caminhos" mundano.com.br | outrocais.com | ultranova.mus.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: