Posts Marcados: saudade

Acordar

Tem horas em que penso que a gente carecia, de repente, de acordar de alguma espécie de encanto. As pessoas, e as coisas, não são de verdade. E de que, amiúde, a gente adverte incertas saudades? Guimarães Rosa, Grande Sertão:

Acordar

Tem horas em que penso que a gente carecia, de repente, de acordar de alguma espécie de encanto. As pessoas, e as coisas, não são de verdade. E de que, amiúde, a gente adverte incertas saudades? Guimarães Rosa, Grande Sertão:

Saudade

Saudades! Sim.. talvez.. e por que não?… Se o sonho foi tão alto e forte Que pensara vê-lo até à morte Deslumbrar-me de luz o coração! Esquecer! Para quê?… Ah, como é vão! Que tudo isso, Amor, nos não importe.

Saudade

Saudades! Sim.. talvez.. e por que não?… Se o sonho foi tão alto e forte Que pensara vê-lo até à morte Deslumbrar-me de luz o coração! Esquecer! Para quê?… Ah, como é vão! Que tudo isso, Amor, nos não importe.

Solidão

Quem não souber povoar a sua solidão, também não conseguirá isolar-se entre a gente. Charles Baudelaire Img: “Portrait du pere del`artiste”, Henri Rousseau

Solidão

Quem não souber povoar a sua solidão, também não conseguirá isolar-se entre a gente. Charles Baudelaire Img: “Portrait du pere del`artiste”, Henri Rousseau

Saudade

Saudade é solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já… Saudade é amar um passado que ainda não passou, é recusar um presente que nos machuca, é não ver o futuro que nos convida…

Saudade

Saudade é solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já… Saudade é amar um passado que ainda não passou, é recusar um presente que nos machuca, é não ver o futuro que nos convida…

03h05

Meu pensamento supõe teu silêncio o teu itinerário o teu fogo cruzado o teu quarto escuro o teu ponto fraco Meu pensamento supõe teu tempo exato no olhar do gato (que tem a hora de quem espera por quem nunca

03h05

Meu pensamento supõe teu silêncio o teu itinerário o teu fogo cruzado o teu quarto escuro o teu ponto fraco Meu pensamento supõe teu tempo exato no olhar do gato (que tem a hora de quem espera por quem nunca

Ao Coração que Sofre

Ao coração que sofre, separado Do teu, no exílio em que a chorar me vejo, Não basta o afeto simples e sagrado Com que das desventuras me protejo. Não me basta saber que sou amado, Nem só desejo o teu

Ao Coração que Sofre

Ao coração que sofre, separado Do teu, no exílio em que a chorar me vejo, Não basta o afeto simples e sagrado Com que das desventuras me protejo. Não me basta saber que sou amado, Nem só desejo o teu

Erótica

Podes colher de mim tudo quanto precisares. Alimento-me só de saudade. Um corpo que deixou de tremer por mim, suar por mim, em todas as superfícies. A dor que causa é só comparável ao prazer que foi quem de gerar.

Erótica

Podes colher de mim tudo quanto precisares. Alimento-me só de saudade. Um corpo que deixou de tremer por mim, suar por mim, em todas as superfícies. A dor que causa é só comparável ao prazer que foi quem de gerar.