Posts Marcados: surrealismo

Primeiro Passo

É sem sentido tentar saber aonde o caminho leva. Pense apenas no seu primeiro passo. O resto virá. Shams Tabrizi Img: “Almost Time”, Charnine

Primeiro Passo

É sem sentido tentar saber aonde o caminho leva. Pense apenas no seu primeiro passo. O resto virá. Shams Tabrizi Img: “Almost Time”, Charnine

Antagonismo

Pense em uma majestosa árvore coroada por uma cúpula de folhagens. Ela estende ao longe seus galhos e sua glória. Como a árvore surgiu? Graças a imensa energia presente na semente. Catharose de Petri Img: Recorte Em Relevo, Jose Escada

Antagonismo

Pense em uma majestosa árvore coroada por uma cúpula de folhagens. Ela estende ao longe seus galhos e sua glória. Como a árvore surgiu? Graças a imensa energia presente na semente. Catharose de Petri Img: Recorte Em Relevo, Jose Escada

Serviço

Adormeci e sonhei que a vida era alegria; despertei e vi que a vida era serviço; servi e vi que o serviço era alegria Tagore Img: “Les Métamorphoses”, Jean Hugo

Serviço

Adormeci e sonhei que a vida era alegria; despertei e vi que a vida era serviço; servi e vi que o serviço era alegria Tagore Img: “Les Métamorphoses”, Jean Hugo

Entre a Lógica e a Loucura

Não sei de onde eu vim, e para onde vou me inquieta. Vivo entre a lógica e a loucura daí, poeta. Alfredo Rossetti Img: “El Mundo” (1958) , Remedios Varo

Entre a Lógica e a Loucura

Não sei de onde eu vim, e para onde vou me inquieta. Vivo entre a lógica e a loucura daí, poeta. Alfredo Rossetti Img: “El Mundo” (1958) , Remedios Varo

Sob a Pele

Ninguém jamais lhe disse que as pessoas existem sob a pele. Insinuaram didaticamente belezas interiores, riquezas espirituais – quanta retórica! Ninguém jamais lhe afirmou que as pesoas são sob a pele e que não importa a cor dos cabelos, o

Sob a Pele

Ninguém jamais lhe disse que as pessoas existem sob a pele. Insinuaram didaticamente belezas interiores, riquezas espirituais – quanta retórica! Ninguém jamais lhe afirmou que as pesoas são sob a pele e que não importa a cor dos cabelos, o

Serpente

Uma serpente surgiu em minha tina d’água, Em um dia muito, muito quente, e eu com pijamas de verão, Para ali s’embevecer. Na sombra profunda, o singular aroma, de uma gigantesca árvore de alfarrobas, Eu descia os degraus, e comigo

Serpente

Uma serpente surgiu em minha tina d’água, Em um dia muito, muito quente, e eu com pijamas de verão, Para ali s’embevecer. Na sombra profunda, o singular aroma, de uma gigantesca árvore de alfarrobas, Eu descia os degraus, e comigo

Eu

Hoje, ao tomar de vez a decisão de ser Eu, de viver à altura do meu mister, e, por isso, de desprezar a ideia do reclame, e plebeia sociabilizacão de mim, do intersecionismo, reentrei de vez, de volta da minha

Eu

Hoje, ao tomar de vez a decisão de ser Eu, de viver à altura do meu mister, e, por isso, de desprezar a ideia do reclame, e plebeia sociabilizacão de mim, do intersecionismo, reentrei de vez, de volta da minha