Posts Marcados: viver

Loucos

…Porque as únicas pessoas que me interessam são os loucos, os que estão loucos para viver, loucos para falar, que querem tudo ao mesmo tempo, aqueles que nunca bocejam ou falam chavões… Mas queimam, queimam, queimam, como fogos de artifício pela noite. Trecho

Loucos

…Porque as únicas pessoas que me interessam são os loucos, os que estão loucos para viver, loucos para falar, que querem tudo ao mesmo tempo, aqueles que nunca bocejam ou falam chavões… Mas queimam, queimam, queimam, como fogos de artifício pela noite. Trecho

Chegar

Toda sua tentativa de chegar até Mim são na realidade Minhas tentativas de chegar até você Rumi Img: “Perfume”, Luigi Russolo

Chegar

Toda sua tentativa de chegar até Mim são na realidade Minhas tentativas de chegar até você Rumi Img: “Perfume”, Luigi Russolo

Essencial

É necessário aprender a arte de abrir mão, a fim de nos dedicarmos àquilo que é essencial. Rubem Alves Img: “In Praise of Italy”, David Ligare

Essencial

É necessário aprender a arte de abrir mão, a fim de nos dedicarmos àquilo que é essencial. Rubem Alves Img: “In Praise of Italy”, David Ligare

O Homem, as Viagens

O homem, bicho da terra tão pequeno Chateia-se na terra Lugar de muita miséria e pouca diversão, Faz um foguete, uma cápsula, um módulo Toca para a lua Desce cauteloso na lua Pisa na lua Planta bandeirola na lua Experimenta

O Homem, as Viagens

O homem, bicho da terra tão pequeno Chateia-se na terra Lugar de muita miséria e pouca diversão, Faz um foguete, uma cápsula, um módulo Toca para a lua Desce cauteloso na lua Pisa na lua Planta bandeirola na lua Experimenta

Entre a Lógica e a Loucura

Não sei de onde eu vim, e para onde vou me inquieta. Vivo entre a lógica e a loucura daí, poeta. Alfredo Rossetti Img: “El Mundo” (1958) , Remedios Varo

Entre a Lógica e a Loucura

Não sei de onde eu vim, e para onde vou me inquieta. Vivo entre a lógica e a loucura daí, poeta. Alfredo Rossetti Img: “El Mundo” (1958) , Remedios Varo

Poeta

Não há ninguém, mesmo sem cultura, que não se torne poeta quando o Amor toma conta dele. Platão Img: “Hill Path in Suhlight” (1891), Alfred Sisley

Poeta

Não há ninguém, mesmo sem cultura, que não se torne poeta quando o Amor toma conta dele. Platão Img: “Hill Path in Suhlight” (1891), Alfred Sisley

Serpente

Uma serpente surgiu em minha tina d’água, Em um dia muito, muito quente, e eu com pijamas de verão, Para ali s’embevecer. Na sombra profunda, o singular aroma, de uma gigantesca árvore de alfarrobas, Eu descia os degraus, e comigo

Serpente

Uma serpente surgiu em minha tina d’água, Em um dia muito, muito quente, e eu com pijamas de verão, Para ali s’embevecer. Na sombra profunda, o singular aroma, de uma gigantesca árvore de alfarrobas, Eu descia os degraus, e comigo